Elementos para uma Epistemologia do RomanceEpistemologia do romance

Abertas as inscrições para o Simpósio proposto pela ER na Abralic 2022

SimposioAbralic

As inscrições para apresentação de comunicações no XVIII Encontro ABRALIC (Associação Brasileira de Literatura Comparada) já começaram e o grupo Epistemologia do Romance (PósLit/UnB/CNPq) estará lá com o simpósio Epistemologia do romance: diálogos e interações na construção de saberes comuns, no Eixo 2 “Epistemologias plurais, saberes comuns”.

O evento será realizado de forma on-line no período de 11 a 15 de julho de 2022. São mais de 70 simpósios propostos em 10 eixos temáticos. Para se inscrever, basta acessar a página da Abralic, clicar no simpósio escolhido, preencher o formulário de inscrição com os dados solicitados e submeter proposta de comunicação de acordo com as normas, até o dia 05 de maio de 2022. 

Podem propor comunicações mestrandas (os), mestras (es), doutorandas (os), doutoras (es) e professoras (es) de IES, do Brasil e do exterior.

Coordenado pelos professores Ana Paula Caixeta (UnB), Maria Veralice Barroso (UnB) e Itamar Rodrigues Paulino (UFOPA), o simpósio da Epistemologia do Romance dialoga diretamente com a teoria proposta pelo grupo, baseada na busca de possibilidades de conhecimentos sobre a condição humana no objeto de criação estética (literatura e/ou outras artes) a partir da experiência entre o sujeito (leitor) e o objeto.

Serão bem-vindos neste simpósio, portanto, os estudos que busquem contribuir com: discussões literárias e filosóficas que envolvam experiência sensível, efeito estético, juízo de gosto e pensamento; discussões sobre criação e recepção a partir da Estética e da Poética; questões de natureza epistemológica pensadas a partir do século XX, especialmente as norteadas pelas novas configurações da “razão sensível” (MAFFESOLI, 1998); quaisquer contribuições que considerem saberes múltiplos oriundos do objeto estético e da experiência estética.  

Vale lembrar que o simpósio proposto se conecta com a interdisciplinaridade e transversalidade  admitidas pelos estudos comparados, tendo como ponto de partida a estética e a epistemologia como disciplinas filosóficas norteadoras do fazer teórico.

Dentro das concepções estéticas, a ER leva em consideração estudos de Baumgarten e de Immanuel Kant, que entenderam a necessidade de pensar o conhecimento associado às sensações, ainda no século XVIII. Pode-se citar ainda a estética hegeliana, no século XIX, em que a arte ganha lugar de destaque nos estudos da Estética. O trio de pensadores serão solo para outros teóricos no século XX, como os frankfurtianos e mais recentes, como Byung-Chul Han (2019). 

O resumo completo do simpósio  Epistemologia do romance: diálogos e interações na construção de saberes comuns está disponível aqui.

Para mais informações e normas sobre como se inscrever, basta acessar o site da Abralic.

Aguardamos sua inscrição!

Leave a Reply